Quem somos?

O Jardim da Descoberta, organizador do Montessori Summit, é um projeto nascido em 2016, focado no desenvolvimento pessoal e profissional de todos os que lidam com as Crianças, tendo por foco uma Educação para a Paz.
O trabalho do Jardim da Descoberta tem-se focado no fomentar e despertar para uma nova visão da Criança, conducente com uma nova Mentalidade, capazes de reformar verdadeiramente as premissas da nossa cultural forma de educar.

Fundadoras

Um caminho conduzido pela mão de duas mães e sonhadoras por um mundo melhor, crentes, inspiradas em Maria Montessori, de que a resposta às atuais crises Humanitárias e a um sistema educativo totalmente desajustado da realidade atual e da verdadeira natureza humana, depende do que transmitimos hoje às nossas Crianças, de quem depende, por sua vez, o futuro da Humanidade.

Missão

Estamos com Maria Montessori quando nos diz que “na Criança reside o futuro da Humanidade.”

A Missão do Jardim da Descoberta é a de contribuir para um futuro de Paz connosco, com os outros e com o Ambiente, que depende de uma verdadeira mudança na cultural forma de educar. Queremos devolver às nossas Crianças a infância que merecem tendo sempre por base o respeito e a promoção da paz.

As fundadoras do Jardim da Descoberta

Jardim da Descoberta

O Jardim da Descoberta, organizador do Montessori Summit, é um projeto nascido em 2016, focado no desenvolvimento pessoal e profissional de todos os que lidam com as Crianças, tendo por foco uma Educação para a Paz.
O trabalho do Jardim da Descoberta tem-se focado no fomentar e despertar para uma nova visão da Criança, conducente com uma nova Mentalidade, capazes de reformar verdadeiramente as premissas da nossa cultural forma de educar.

Jardim da Descoberta

O Jardim da Descoberta, organizador do Montessori Summit, é um projeto nascido em 2016, focado no desenvolvimento pessoal e profissional de todos os que lidam com as Crianças, tendo por foco uma Educação para a Paz.
O trabalho do Jardim da Descoberta tem-se focado no fomentar e despertar para uma nova visão da Criança, conducente com uma nova Mentalidade, capazes de reformar verdadeiramente as premissas da nossa cultural forma de educar.

closepopup
Catarina Jerónimo EmídioEducadora para a Paz

Sou a Catarina, tenho 29 anos nascida e criada em Portugal.

Durante toda a minha infância tive a sorte de ser rodeada por uma “aldeia” mas como para mim era o habitual nunca pensei na hipótese de ser diferente.

Tive uma infância/adolescência ditas normais mas nunca me identifiquei com as instituições educacionais. Sempre fui uma aluna mediana, sempre tive uma boa relação com os professores, não viesse eu de uma família de professores. Nunca manifestei a minha estranheza em relação a tantas coisas.

Vivia num contexto em que nos tínhamos que encaixar e pertencer à média. Desde muito pequena que falava em ser Veterinária, e por falta de conhecimento de mais lá segui eu para o caminho da Enfermagem Veterinária. Gostei muito do curso mas os anos de faculdade foram um sofrimento para mim, dos piores anos da minha vida, por mais uma vez não me identificar com o modelo pedagógico, praxes e afins. Mas como fui ensinada que quem desistem são os fracos fiz o curso até ao final com distinção.

No estágio final de curso decidi que precisava de sair da minha “Aldeia” e me encontrar comigo mesma, fui estagiar seis meses para o Brasil e aí sim abri os meus horizontes, conheci pessoas que pensavam mais além, outros povos, outras formas de viver.

Voltei para Portugal e acabei por decidir fazer mestrado em Gestão Empresarial por sentir que o devia fazer. Adorei essa fase, conheci colegas e professores fantásticos e que me deram imensos inputs super importantes. Foi como uma luz ao fundo do túnel neste caminho da educação. Sou uma curiosa e estudiosa nata.

Em 2016 engravidei da minha primeira filha e aí começou a investigação mais a sério sobre a educação. Eu não queria de todo que a minha filha tivesse o mesmo percurso que eu. No entanto, não queria que por querer o melhor para ela a castrasse de algo, um pouco do que aconteceu comigo, então a pesquisa começou. Comecei a procurar por outras pedagogias de ensino e descobri as ditas pedagogias alternativas, estudei algumas, mas, a que me fascinou e apaixonou foi sem dúvida Montessori.

Aqui descobri a razão de ser de imensas coisas, o como a minha infância tinha influenciado o adulto que sou hoje, a importância que a “aldeia” tem no desenvolvimento da Criança, a importância de para além de pais ou educadores sermos adultos preparados.

Muito para além de uma pedagogia é sem dúvida uma forma de ver a vida, onde deixamos o nosso pedestal de adulto e nos colocamos ao mesmo nível da criança. Aqui toda a perspetiva muda.

Nunca mais parei...

Sou mãe de duas crianças maravilhosas, de 2 e 4 anos, entretanto formei-me em Assistente Montessori dos 0 aos 3 anos e em Guia Montessori dos 3 aos 6 anos, para além de todas as formações em desenvolvimento pessoal. Conheci pessoas transformadoras e neste momento dedico-me a partilhar todas as vivencias e toda a informação que tenho recolhido ao longo destes anos. Tem sido uma transformação gigante de paradigma, de forma de pensar, de viver e do fundo do coração acredito que todas as crianças precisam desta mudança do adulto.

Por isso estou aqui hoje, não vou mudar o Mundo, mas irei ajudar a “Aldeia” de muitos.

“Respeitar a Criança é Revolucionário” – Gabriel Salomão

Catarina Jerónimo EmídioEducadora para a Paz

Sou a Catarina, tenho 29 anos nascida e criada em Portugal.

Durante toda a minha infância tive a sorte de ser rodeada por uma “aldeia” mas como para mim era o habitual nunca pensei na hipótese de ser diferente.

Tive uma infância/adolescência ditas normais mas nunca me identifiquei com as instituições educacionais. Sempre fui uma aluna mediana, sempre tive uma boa relação com os professores, não viesse eu de uma família de professores. Nunca manifestei a minha estranheza em relação a tantas coisas.

Vivia num contexto em que nos tínhamos que encaixar e pertencer à média. Desde muito pequena que falava em ser Veterinária, e por falta de conhecimento de mais lá segui eu para o caminho da Enfermagem Veterinária. Gostei muito do curso mas os anos de faculdade foram um sofrimento para mim, dos piores anos da minha vida, por mais uma vez não me identificar com o modelo pedagógico, praxes e afins. Mas como fui ensinada que quem desistem são os fracos fiz o curso até ao final com distinção.

No estágio final de curso decidi que precisava de sair da minha “Aldeia” e me encontrar comigo mesma, fui estagiar seis meses para o Brasil e aí sim abri os meus horizontes, conheci pessoas que pensavam mais além, outros povos, outras formas de viver.

Voltei para Portugal e acabei por decidir fazer mestrado em Gestão Empresarial por sentir que o devia fazer. Adorei essa fase, conheci colegas e professores fantásticos e que me deram imensos inputs super importantes. Foi como uma luz ao fundo do túnel neste caminho da educação. Sou uma curiosa e estudiosa nata.

Em 2016 engravidei da minha primeira filha e aí começou a investigação mais a sério sobre a educação. Eu não queria de todo que a minha filha tivesse o mesmo percurso que eu. No entanto, não queria que por querer o melhor para ela a castrasse de algo, um pouco do que aconteceu comigo, então a pesquisa começou. Comecei a procurar por outras pedagogias de ensino e descobri as ditas pedagogias alternativas, estudei algumas, mas, a que me fascinou e apaixonou foi sem dúvida Montessori.

Aqui descobri a razão de ser de imensas coisas, o como a minha infância tinha influenciado o adulto que sou hoje, a importância que a “aldeia” tem no desenvolvimento da Criança, a importância de para além de pais ou educadores sermos adultos preparados.

Muito para além de uma pedagogia é sem dúvida uma forma de ver a vida, onde deixamos o nosso pedestal de adulto e nos colocamos ao mesmo nível da criança. Aqui toda a perspetiva muda.

Nunca mais parei...

Sou mãe de duas crianças maravilhosas, de 2 e 4 anos, entretanto formei-me em Assistente Montessori dos 0 aos 3 anos e em Guia Montessori dos 3 aos 6 anos, para além de todas as formações em desenvolvimento pessoal. Conheci pessoas transformadoras e neste momento dedico-me a partilhar todas as vivencias e toda a informação que tenho recolhido ao longo destes anos. Tem sido uma transformação gigante de paradigma, de forma de pensar, de viver e do fundo do coração acredito que todas as crianças precisam desta mudança do adulto.

Por isso estou aqui hoje, não vou mudar o Mundo, mas irei ajudar a “Aldeia” de muitos.

“Respeitar a Criança é Revolucionário” – Gabriel Salomão

closepopup
Maria Sales SousaEducadora para a Paz

Apaixonada pelo Método Montessori, crê que este representa a resposta para mudança que precisamos na Educação e que contem efetivamente um caminho para a Paz. Por isso, assumiu a missão de contribuir para uma mudança efetiva na cultura da educação, começando em casa, com os seus filhos, consigo mesma, através de um processo de transformação, e com todos os outros, através da partilha da sua experiência pessoal e do seu conhecimento.

Para isso tem vindo a apostar na sua formação contínua através da participação em congressos, eventos e formações nacionais e internacionais, tendo obtido em Londres certificação AMI de Assistente Montessori 0-3, sempre complementado com um estudo autodidata e incansável do método, através dos livros, da aplicação prática, e de uma verdadeira paixão.

Para além destas duas formadoras residentes, o Jardim da Descoberta organiza formações, workshops, eventos e retiros com outros formadores Montessori de excelência, com certificação e uma vasta experiência profissional na área.

Maria Sales SousaEducadora para a Paz

Apaixonada pelo Método Montessori, crê que este representa a resposta para mudança que precisamos na Educação e que contem efetivamente um caminho para a Paz. Por isso, assumiu a missão de contribuir para uma mudança efetiva na cultura da educação, começando em casa, com os seus filhos, consigo mesma, através de um processo de transformação, e com todos os outros, através da partilha da sua experiência pessoal e do seu conhecimento.

Para isso tem vindo a apostar na sua formação contínua através da participação em congressos, eventos e formações nacionais e internacionais, tendo obtido em Londres certificação AMI de Assistente Montessori 0-3, sempre complementado com um estudo autodidata e incansável do método, através dos livros, da aplicação prática, e de uma verdadeira paixão.

Para além destas duas formadoras residentes, o Jardim da Descoberta organiza formações, workshops, eventos e retiros com outros formadores Montessori de excelência, com certificação e uma vasta experiência profissional na área.

closepopup